ACOMPANHE

Alerta! Doença periodontal e mal de Alzheimer podem estar associadas

Entender as causas do Alzheimer tem sido um grande desafio de cientistas espalhados pelo mundo e, há anos, pesquisas são feitas para encontrar formas de prevenção da doença, assim como a cura. Novas descobertas apontam uma das possíveis causas da doença de Alzheimer: a bactéria porphyromonas gingivalis, que tem ligação com vários tipos de doenças periodontais. Em experimentos, os pesquisadores encontraram no cérebro de pacientes uma toxina secretada por essa bactéria.

E, para entendermos melhor...

O QUE É ALZHEIMER?

O Mal de Alzheimer é uma doença neurodegenerativa que causa danos nas células cerebrais, muito comum nos idosos. Possui vários estágios... No começo ela causa alterações na memória e personalidade, e pode gerar dificuldades de fala e locomoção. A doença ainda não possui cura e seu tratamento é feito apenas para diminuir os sintomas.

O QUE É DOENÇA PERIODONTAL?

É uma doença infecto-inflamatória que ataca os tecidos de proteção (gengiva) e suporte dos dentes (osso, cemento e ligamento periodontal). É caracterizada pela perda de inserção do ligamento periodontal e destruição dos tecidos ósseos que são próximos.

Existem três estágios de doença periodontal: gengivite, periodontite e periodontite avançada. Geralmente a doença gengival não apresenta dor, mas possui como sintomas:

  • Sangramento na gengiva durante a escovação ou uso de fio dental;
  • Gengiva inchada, vermelha, retraída ou dolorida;
  • Mau hálito ou gosto ruim na boca;
  • Dente amolecido;
  • Dores ao mastigar algum alimento;
  • Sensibilidade nos dentes.

O diagnóstico só é feito por um dentista  e é ele quem pode indicar o melhor tratamento de acordo com cada caso.

E QUAL A LIGAÇÃO DO ALZHEIMER COM A DOENÇA PERIODONTAL?

Conforme vários estudos, verificou-se que a doença periodontal, provocada pela bactéria porphyromonas gingivalis, pode levar a produção de beta-amiloide, proteína que se acumula no cérebro de pacientes com Alzheimer. Encontrada na boca, a bactéria se prolifera pela má higiene e pode entrar na corrente sanguínea e ser transportada para outras partes do corpo. E, quando atinge o cérebro, pode destruir as células cerebrais.

É POSSÍVEL PREVENIR!

Lembre-se de escovar os dentes e usar o fio dental de maneira adequada, através de uso de cremes dentais e enxaguantes bucais com agentes antibacterianos que podem auxiliar no extermínio das bactérias, além de diminuir a quantidade de placa em sua boca. Procure seu dentista também para fazer uma limpeza, pois além de melhorar a saúde bucal, a remoção da placa previne futuras doenças como gengivite, periodontite e periodontite avançada.

DICA DA SORRISOS ODONTOLOGIA

Cuide de sua saúde bucal e evite problemas futuros como o mal de Alzheimer. Entre em contato  conosco para uma avaliação. A SORRISOS ODONTOLOGIA tem especialistas para fortalecer seu bem-estar no presente e no futuro.

 

BUSCAR NOTÍCIAS

RECENTES
Agende uma consulta